Overblog Suivre ce blog
Administration Créer mon blog

Présentation

  • : Monique Oblin-Goalou
  • Monique Oblin-Goalou
  • : Mise en ligne de mes articles, sujets de réflexion et réalisations plastiques
  • Contact

Recherche

11 mars 2012 7 11 /03 /mars /2012 11:15
Escrevo esta receita, porque encontrei muitas pessoas que faziam a pasta de papel com cola. Ora, a receita à base de farinha é mais segura para as jovens crianças e, além disso, mais barata e simples para trabalhar, para todos.
Dessins-d-enfant-5809.JPG
 
 
O papel machê pode ser usado na fabricação de máscaras. Exemplo disso são as máscaras de Veneza. Além disso, permite também a feitura de pequenos objectos de decoração. Outra utilização bastante interessante deste material é a construção dos cenários de teatro. Tem ainda outras utilizaçoes e entra na composição de vários materiais como móveis ou bandejas para servir comida e bebida. No Castelo da Pena em Sintra, podemos encontrar móveis feitos com papel machê, mesas, cadeiras e comodas.
 
 
 
O papel machê trabalha-se com um molde para as máscaras, pratos ou recipientes. Pode cobrir uma bola ou uma forma qualquer de papel amarrotado, poliestireno, uma estrutura de madeira ou metálica para os grandes objectos.
 
 Dessins d'enfant 5802
 
Para fazer bolas de Natal, pode esvaziar um ovo, cobri-lo de jornal rasgado em pedaços mergulhado numa mistura de água e farinha, deixar secar dois dias e depois, polir, pintar, envernizar ou encerar. É deste modo que os ovos Faberger eram trabalhados.
 
Com o papel machê, as cabeças de marionetes e das bonecas, ficam particularmente finas graças ao polimento.
 
 
 
Para fácilmente recordar a receita do papel machê, aplica-se as mesmas proporções da massa para crepes.
 
- 500 g de farinha
 
- 1 litro de água
 
- Jornal picado ou papel de seda picado
 
 
 
Misturem a farinha com a água acrescentando a água progressivemente na farinha para evitar os grumos.
 
 Dessins-d-enfant-5804.JPG
 
Pode deixar o papel na água de um dia para o outro que facilita a mistura com a farinha para fazer uma pasta.
 
 
 
Ou pode mergulhar numa mistura de água e farinha os pedaços de papel cortados e coloca-los sobre um molde ou forma. Após uma ou duas camadas é possivel moldar pormenores como, olhos, orelhas…etc e deixar secar.
 
 
 
Depois deve lixar, colocar outra camada para refinar a superfície, deixar secar novamente um dia podendo ser depois pintado com guache, deixar secar e finalmente encerar.
 
 Dessins-d-enfant-5806.JPG
 
Dessins-d-enfant-5807.JPG
Repost 0
Published by Monique Oblin-Goalou - dans Recettes
commenter cet article
7 mai 2011 6 07 /05 /mai /2011 09:36

Precisamos sopa de vidro para tornar as louças de barro impermeáveis e resistentes.

Mas a estética une o útil e a beleza porque cozendo, o vidro torna-se brilhante. Esta cobertura pode levar cores alegres e vivas. Também, o tempo não muda as cores da louça de barro.

 

Ingredientes :

 

1 quilo de vidro (Você pode comprar o vidro numa empresa de louça de barro).

0,5 litros de água

 

Experimentar :

 

No principio, mistura-se 1 quilo de vidro com 0,4 litros de água. Para cinco quilos de vidro começam com 2 litros de água.

Então, junta-se o resto de água gradualmente à mistura. Se é preciso, junta-se mais água para fazer uma sopa muito líquida.

 

Mergulham-se as peças na sopa com o mesmo gesto da ninfa do mar Tetis. Ela mergulhou o seu filho Aquiles no Styx o fazer invulnerável. Vai ficar um pouco da terracota sem vidro como o calcanhar de Aquiles ficou vulnerável.

 

Deixe as peças tornados brancos secar durante dois dias e pintar as cores.

 

Antes de cozer, limpar e deixar sem sopa de vidro a parte que estará em contacto com o forno. A peça poderia aderir ao forno.

Repost 0
Published by Monique Oblin-Goalou - dans Recettes
commenter cet article
23 décembre 2010 4 23 /12 /décembre /2010 19:18

Os Azulejos

 

 

Apocalypse

 

 

·        Nόs morámos em Portugal.

·        Azulejos é uma especialidade de Portugal.

·        Os azulejos são feitos com a técnica da faiança lustrada.

·        A faiença lustrada o a louça de barro é uma forma de cerâmica coberto com esmalte.

 

·        Para fazer azulejos, nόs precisamos de terracota, de esmalte, e de cozer duas vezes a altas temperaturas, aproximadamente 900 graus.

 

·        A primeira vez, cozemos o barro. A segunda vez, cozemos o esmalte.

 

·        SécXVII, A faiança : As telhas, os chãos de pedra são em esmalte com όxido de estanho branco. Ele absorve as cores sem misturas.

 

·        O maiόlica é a faiança. Os oleiros vão tirar proveito do esmalte branco da faiança para pintar tabuas durante a renascença italina.

 

·        As cores do esmalte s o obtidas com algum cobalto para o azul, com algum cobre de ferro para o verde, com algum chumbo para o amarelo, com o zinco para o branco, com o manganês para o preto.

 

·        Um pouca de histόria : os azulejos viriam da palavra árabe « al-zulaich » (pedra brelhante pequena).No século de XII, os artesãos chineses chegaram à Pérsia pela rota da seda. Eles ensinaram aos árabes, a técnica do lustrado cerâmico. No princípio, os alicatados são monocromáticos. Eles estão cortados em formas geométricas, são compostos para formar um motivo. No século de XVII, aparecem os azulejos com όxido de estanho branco.

 

Ciels de l'agneauLune de Cigoli

 

 

Repost 0
Published by Monique Oblin-Goalou - dans Recettes
commenter cet article